O DIA DAS COISAS PEQUENAS

Hoje a linguagem é hiper, mega, super. A capacidade intelectual do homem está sendo exposta, por meio das grandes obras das suas mãos.

Esse é o dia do homem, disse o irmão Branham. Cada um quer ter o seu nome registrado nas obras que eles realizam, em suas descobertas científicas. Essa é uma era de fama, de grandeza, de glórias humanas. Os homens sempre lutaram para superar um ao outro. E o homem, com seu próprio conhecimento, tem chegado ao ponto de destruir, através de suas hiper e mega bombas, com megatoneladas, ou seja, um milhão de toneladas, e outras armas atômicas, o seu próprio habitat, que Deus lhe deu.

Zacarias nos fala para não desprezar o dia das coisas pequenas. E, trazendo para os nossos dias, podemos ver que há um desprezo muito grande com relação ao que Deus tem nos dado nesta era, onde a exaltação do homem está destruindo a si mesmo.

Paulo fala aos Coríntios 1:25 "Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens, e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens. É mais forte do que os homens, ou seja, está acima do máximo de poder do homem natural.

Deus escolheu homens simples, iletrados, para confundir os grandes filósofos. Homens sem autoridade secular, homens mal conhecidos. Homens simples confundiram o Sinédrio, que ficava sem resposta. Homens simples, mas que possuíam o brilho celestial. Suas palavras eram como espada afiada. O Sinédrio não podia resistir, nem contradizer. E, como resultado, levaram milhares de almas a Jesus Cristo.

O dia das coisas pequenas sempre foi desprezado. Pequenas aos olhos incrédulos, mas para os eleitos, para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, pregamos a Cristo, poder de Deus e sabedoria de Deus.

Quem imaginaria que o Messias nasceria em uma fétida estrebaria? Então saiba, isso foi a sabedoria de Deus, que confundiu os líderes religiosos, que aguardavam um Messias militar, dominando sobre os romanos e o mundo. Mas veio humilde, montado em um jumento. Deus escolheu as coisas vis e desprezíveis, e as que não são, para confundir as que são. Deus escolheu os gentios, os cachorrinhos, os vis e desprezíveis aos olhos dos judeus. Mas, aos olhos de Deus são Sua Noiva Eleita, os predestinados para filhos de adoção, por Jesus Cristo. Esses vis e desprezíveis, esses pequeninos, serão os que reinarão em glória, com seu Amado Redentor.

Quando Jesus quis comparar o Reino de Deus, Ele fez certas comparações que nenhum homem faria,. Os homens tem o interesse de apresentar algo que todos os olhos vejam e o aplaudam. Porém o Senhor Jesus quando quis comparar o Reino de Deus, Ele comparou com o grão de mostarda, uma semente mui pequenina.

Ele poderia comparar com o mar, mas Ele comparou com uma rede de pescar. Ele poderia comparar com uma árvore, mas Ele comparou com uma semente.

Jesus valorizava as coisas pequenas. Uma viúva pobre depositou duas pequenas moedas, e Jesus viu, e comentou sobre isso com Seus discípulos. O Irmão Branham disse que Jesus não foi até ela, dizendo: não oferte, pois eles já tem o suficiente. Jesus a deixou ofertar tudo que ela tinha, porque Deus tinha algo mais para ela.

Deus escondeu dos sábios e entendidos, e as revelou aos pequeninos. Em Mateus 11:11 Jesus diz: ... O menor no Reino dos céus é maior que João Batista.

Porque a pequena Belém? Miquéias 5:2. Deus trabalha diferente da forma do homem. O homem natural não compreende as coisas do espírito, pois elas são discernidas espiritualmente. Tudo isso é porque o homem já estabeleceu em sua mente como vai ser, porem Deus é o seu próprio intérprete. Os homens buscam grandes coisas, coisas que chamam a atenção, porém para com Deus, quando Deus quer chamar a atenção, Ele dá a revelação primeiro daquilo que estava oculto. Olhe: daquilo que estava oculto. Não é  nem visível aos olhos e ao entendimento natural. É necessário ter revelação para ver o dia das coisas pequenas.

Na Mensagem: Deus Ocultando-se Em Simplicidade, e Então Revelando-se Na Mesma, parágrafo 113, o irmão Branham diz: " É estranho pensar como Deus faz tal coisa como esta. Deus Se esconde  em algo tão simples que faz com que os sábios passem a um milhão de milhas disso; e então torna exatamente de volta àquilo, alguma coisa humilde no Seu modo simples de operar e Se revela novamente. Eu pensei que formaria um -- um tópico para que pudéssemos estudar isto antes de entrarmos nos -- nos -- nos grandes ensinamentos dos Sete Selos. Muitos O perdem pela forma que Ele Se revela. " No parágrafo 122: E Deus faz todas as Suas obras tão simples para que os simples possam compreendê-las. E Deus torna a Si Mesmo tão simples com uma simplicidade que é compreendida pelos simples. De outra maneira, Ele disse em Isaías 35, eu creio. Ele disse: “Nem mesmo os loucos, não errarão.” É tão simples!

Deus escolhe iletrados para confundir eruditos. Malaquias 3:1 " Eis que eu envio o meu anjo, que preparará o caminho diante de mim. E, de repente, virá ao Seu templo o Senhor, a quem vós buscais, o anjo do concerto, a quem vós desejais. Eis que vem, diz o Senhor dos Exércitos. Parágrafo 299 ao 303: " Continua falando de João: “Enviarei meu anjo para preparar o caminho diante de mim.” Jesus falou disto em Mateus 11:10. Disse:  “Porque é este de quem está escrito: ‘Eis que diante da tua face envio o meu anjo...’”
Vêem? Isto é correto. Agora, como todos estes falaram! Quando por setecentos anos sabiam ali que haveria um precursor que viria antes do Messias. Mas quando ele entrou em cena com tal simplicidade, eles o perderam. Eles o perderam.
Recordem, ele era filho de um sacerdote. Bem, vejam quão ridículo foi para ele não seguir o ofício do seu pai, voltar para o seminário. Mas o seu trabalho era muito importante. Com nove anos de idade, ele foi para o deserto.  E saiu pregando. Eles o perderam. Ele era tão simples, simples demais, para que a alta e polida educação deles cresse em tal pessoa.  Eles pensavam que quando este homem viesse...
Que tal: “Todos os lugares elevados serão abaixados, todos os lugares baixos serão levantados; todos os lugares ásperos se aplainarão”? Davi viu isto e disse: “Os -- Os montes saltarão como carneiros; e as folhas baterão palmas.” [O irmão Branham bate palmas muitas vezes -- Ed.]
O que aconteceu? Um velho sujeito barbudo assim, sem nenhuma educação, com um pedaço de pele enrolada ao seu redor, saiu tropeçando lá do deserto da Judéia dizendo: “Arrependei-vos, pois o Reino dos céus está próximo. E vocês, raça de serpentes, não pensem em dizer que ‘eu pertenço a determinada organização.’ Deus é capaz de, destas pedras, levantar filhos a Abraão.” Que coisa! "

Deus é mal entendido em Sua simplicidade. Você vai ficar com os poucos desprezados do Senhor?

Na Mesagem A Brecha Entre as Sete Eras da Igreja e os Sete Selos parágrafos 236 e 237 "

    Agora, vamos voltar a Zacarias 4:10. Ouçam:
    Porque, quem despreza o dia das cousas pequenas? (Deus em simplicidade, vêem?)... pois esses se alegrarão, vendo o prumo na mão de Zorobabel; os sete olhos do Senhor, que discorrem por toda a terra.
“Os sete olhos.” Olhos significam  “visão.” Visão significa “profetas, videntes.”  Este Cordeiro tinha sete chifres e sobre cada chifre tinha um olho, “sete olhos.” Que é isto? Cristo e Sua Noiva; sete eras da igreja. Fora havia sete profetas que saíram, sete videntes, olhos. Então, o último deve ser um vidente. [O irmão Branham bate no púlpito duas vezes enquanto diz: “Um vidente.”-Ed.] Correto.

As sete erasda Igreja, como o dia das coisas pequenas. Deus em simplicidade.

Mensagem A Fase Presente do Meu Ministério, parágrafo 93:

Vocês sabem, o homem tenta buscar honra uns nos outros, e honram uns aos outros, e desonram a Deus por agir assim. Vêem? Nós tentamos fazer grandes pessoas entre nós, quando nós não somos grandes pessoas e pequenas pessoas, somos todos um pequeno povo. Há somente um Grande no nosso meio, e este é o nosso Senhor. Vêem? E nós fazemos nossa organização um tanto maior que Deus, “A grande e santa igreja, isto, aquilo e aquilo outro, os grandes santos bispos,” e assim sucessivamente. Não há tais coisas como estas. Esta é a honra do homem. Há somente Um que é santo, e este é Deus. E o Espírito Santo, o qual é Deus, está no nosso meio. Não somos nós quem somos santos, é o Espírito Santo que está em nós. Não é...Quando vemos coisas feitas, não somos nós fazendo, é o Espírito Santo. Jesus disse: “Não sou eu quem faço as obras, é Meu Pai. Ele está em Mim, e é Ele quem faz as obras.” E não é ele que - que está fazendo. Certo. Mas encontramos seus verdadeiros servos através do tempo.

Mensagem Ouvi, mas Agora Vejo, parágrafo 25:

Bem, nós viajamos e vemos estas coisas acontecendo, sabendo...Agora, simplesmente pense, o que era para isto mostrar? Eu tinha muita criancinha com convulsão na minha lista de oração, orava por isso, mas quando a visão chegou era para um peixinho mais ou menos deste tamanho, com cerca de duas ou três polegadas [Aproximadamente 5 a 7 cm - Trad.] de comprimento. Parecia que o anzol era tão grande quanto o peixe. Mas o que era isto, era para mostrar a você que Deus olha para as pequenas coisas também. Estão vendo?

Amado, olhe, você se considera um pequeno servo do Senhor, uma pequena serva de Deus, devido ao fato de Deus ter te escolhido, e através de você, revelar Seu amor, Seu poder, Sua graça. Uma águia consegue ver, mesmo estando nas alturas, pequenas coisas. Ela foi constituída por Deus, para ver as pequenas coisas. E, não só isso. Somos constituídos por Deus para ver o invisível!

Hebreus 11:25-27: "... escolhendo, antes, ser maltratadocom o povo de Deus do que, por um pouco de tempo, ter o gozo do pecado; tendo por maiores riquezas , o vitupério de Cristo do que os tesouros do egito; porque tinha em vista, a recompensa. Pela fé deixou o Egito, não temendo a ira do rei; porque ficou firme, como vendo o invisível.

Deus nos leva a possuir tal grau de visão, que, o que você vê, o mundo não consegue ver. E o que você possui, o mundo rejeita.

Essa visão do dia das coisas pequenas, nos leva a ir em direçãoao reino. Em Hebreus 12:22, Paulo fala do tempo presente. " Mas chegastes ao Monte Sião, e a cidade do Deus vivo, a Jerusalém celestial, e, aos muitos milhares de anjos..."

Apocalipse 21:7: " Quem vencer, herdará todas as coisas. E eu serei seu Deus, e ele será meu filho.

Então, como é necessário ver o dia das coisas pequenas. Ver o dia em que estamos vivendo, quando estamos presenciando os dias do filho do homem na terra, através de um dom profético, em um mensageiro, William Marrion Branham. ver o dia em que o Senhor nos tirou de Babilônia.

Ver o dia das coisa pequenas em nosso meio, como membros do Corpo de Jesus Cristo, que todos, por mais pequeno que seja, é indispensável ao Corpo.

Não podemos passar por alto aquilo que Deus envia para a era a qual vivemos. E, por ser simples demais, será rejeitado.

Como diz Isaías 53:3: " Era desprezado, e o mais rejeitado entre os homens. Homem de dores, e experimentado nos trabalhos. E, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos Dele caso algum. " Porém Jesus Cristo venceu a morte, ressuscitou e está assentado a destra de Deus. Ele é o Desejado de todas as nações. O mundo se curvará aos pés do Salvador Jesus, e confessará que Ele é o Senhor!

Comentários